17 de abril de 2007

Fotografia e Poesia

Foto: Dirceu de Brito

Erótica
Iara Carvalho, Currais Novos RN

não quero colo
nem calo:

quero um falo
entre as telhas
do meu mel aguado

coar o vinho pastoso
com minha fenda oblíqua

e acender poesia
com a flama recolhida.

2 comentários:

Moacy Cirne disse...

Iara, sim, é uma grande poeta! Um abraço.

Mulher na Janela disse...

é sempre uma satisfação quase "erótica" aportar por aqui, meu querido Alex!
obrigada pelo sempre tão carinhoso espaço!
um abraço!