15 de maio de 2009

Depoimento

Via email por Leonardo Sodré

Ontem, o amigo Mário Henrique Araújo, o Mário Spam, deu um longo depoimento no programa 'Caso de Polícia' (canal 8) ao jornalista Túlio Lemos. A maioria dos becodalamenses conhece ele, que é funcionário da UFRN, músico e poeta.

Mário ficou viciado em crack e passou a ser estorquido pelo traficante, que chegou a ameaçá-lo de morte. Então, resolveu se livrar da droga e do traficante armando com a Polícia, uma cilada. O traficante foi preso e ele está numa clínica para recuperação.

Hoje, às 12h40, o seu testemunho sobre o tormento de quem se vicia nessa droga demoníaca continuará. Será o terceiro dia de depoimentos. Ele ensina, inclusive, como os pais podem detectar se os filhos estão utilizando o crack.

Ontem, ele emocionou até a equipe da TV, quando disse: "Não serão as hecatombes ou as guerras que irão destruir o mundo, mas sim o crack". Mário, 12 quilos mais magro, estava quase irreconhecível.

Ele inaugurou uma cruzada contra essa droga malígna, tão usada nos arredores do Beco da Lama. Que Deus o proteja e o livre definitivamente dessa prisão.

6 comentários:

BAR DO BARDO disse...

De fato, um mal maior.
Quem ama, cuida.
Alerta!

Civone Medeiros disse...

Queridos, Alex & Léo... Incrível a coragem do Mário, já um vencedor, nessa batalha ingrata contra essas pedras, no caminho de nossas vidas! Parabéns à todos vocês, ao Mário, ao Léo pelo depoimento emocionante e tu, Alex, pela postagem nesse GRANDE PONTO!

Anônimo disse...

Parabéns ao Mário!

Recordo, agora, que, quando participei da lista (virtual) do Beco, esse rapaz se inssurgiu contra as observações que eu fazia contra a apologia das drogas que quase todo mundo fazia nas postagens.Todo mundo menos eu e mais uns três ou quatro. Caí, fora, pois! Lembro, por outro lado, que o Mário - foi por mim chamado a atenção pelo detalhe: usava um e-mail da UFRN!
Sei que ele não é - e nunca será notadamente agora, nesses "novos tempos" - o único exemplo do deletério vício...
Quantos e quantos mais não estão sob a ameaça cruel? Queira Deus, à vista do exemplo do Mário, muitos sigam o seu caminho. A coisa anda "preta", "branca" e muito enfumaçada na Travessa...
Laélio Ferreira

Lívio Oliveira disse...

Uma luta que comove...

Fake disse...

Resta saber se os que hoje aplaudem a luta de Mário, teem coragem de agir feito ele agiu: 'armando' a cilada para o Trafica. Muitos sabem dos perigos do crack, de amigos usuários, de gente que silencia quando se fala no assunto, mas enfrentar o 'demo' branco( na realidade é meio amarronzado) e seus muitos soldados é tarefa que não vejo na prática, a grande maioria dos frequentadores do Beco(incluindo o blogueiro e diversos amigos dele) fazem de conta que não é com eles o affaire, mesmo tendo parentes bem próximos envolvidos.
Toda força ao Mário e toda a minha ojeriza a quem quer apenas bancar de vestal nesse assunto tão 'pedregoso'.
E mais um pequeno adendo: drogas é assunto pessoal, o estado deveria educar, nunca reprimir, como reprime e até lucra indiretamente com a corrupção policial e a eterna complacencia com quem realmente lucra com tais drogas.

Fake disse...

Escrevi no comentário anterior: 'parentes', pode ter soado como se o blogueiro Alexandro Gurgel, tivesse parentes adictos às tais substancias aludidas, essa não foi minha intenção(e sei que Alex entendeu), apenas disse que ele, como eu tambem e diversos outros frequentadores do Beco sabemos de casos de amigos e até parentes envolvidos, mas não me referi a ninguem especificamente.
clarifico para não pairar duvidas.
sim, Fake é Oswaldo, mero perfil criado para poder comentar nesse tal blogger.