23 de abril de 2006

A peleja dos candidatos no Beco da Lama

Foto: Hugo Macêdo O candidato da chapa Sempre Samba, Alexandro Gurgel, apresenta aos becodalamenses uma série de propostas para a futura gestão da Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências.


No último sábado pré-eleitoral, durante a Tribuna do Candidato, no Beco da Lama, a chapa Sempre Samba se firmou como a melhor opção para gerir as ações da Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências - Samba. Mais uma vez, apresentamos propostas reais e inovadoras para a construção de uma confraria forte e atuante na vida cultural do Centro Histórico natalense.

Durante toda a campanha eleitoral, a chapa Sempre Samba demonstrou profissionalismo, valorizando a entidade, com a criação de cartaz e camisetas para a divulgação da chapa, dando a devida atenção e respeito que o Beco da Lama merece. Os componentes da Sempre Samba se reuniram periodicamente para desenvolver propostas viáveis para estimular ações culturais no Beco, as quais foram apresentadas em jornais, na televisão, na lista de discussão e no debate com a outra chapa.

No entanto, a chapa comandada pelo professor Bira até agora não disse o que quer fazer pela Samba e pelo Beco da Lama. Não há propostas, ninguém viu nem um panfletinho xerografado sequer, apresentando a chapa como uma alternativa nas eleições. Durante seu discurso na Tribuna do Candidato, o professor também não apresentou propostas, mostrando o total despreparo da sua candidatura, sem planos para uma futura gestão. O professor Bira e seus “pares”, na chapa adversária, estão inertes perante o pleito. Será esse comportamento uma demonstração de uma futura gestão?

Alguns confrades não gostaram quando foi dito que a chapa oponente não consegue se comunicar com a mídia. Na chapa “birista” não há quem comande uma abordagem aos meios de comunicação. A Samba se tornou muito mais forte e atuante no cenário cultural da cidade porque o presidente Dunga é um homem de mídia, sempre preocupado em trabalhar bem a divulgação dos eventos por ele realizados. Além de ser um jornalista atuante, o presidente sempre usou seu ofício de escrevinhador para levar as idéias dos becodalamenses “muito além do Beco”, como diria o confrade cineasta Augusto Lula, agregando valores culturais ao Beco da Lama.

No próximo sábado, dia 29 de abril, os amigos do Beco da Lama e adjacências que assinaram o Livro Preto da Samba vão escolher quem será o Diretor Executivo da entidade pelos próximos três anos. Agora, diante o comportamento dos candidatos, cabe aos eleitores decidir como será a próxima gestão da Sociedade dos Amigos do Beco da Lama e Adjacências.

Ciente de ter contribuído para um pleito democrático, participando ativamente da campanha eleitoral, a Sempre Samba agradece aos simpatizantes da nossa candidatura pela confiança depositada.

Por amor ao Beco da Lama, vote Sempre Samba.

Atenciosamente,

Alexandro Gurgel
SEMPRE SAMBA

2 comentários:

Marcos disse...

ai o nasdark vai detonar se ele for classifiado para o festival mpbeco da lama!

e divulguem direito ai osresultados, porque no panfleto tem dizendo o site e tal, mas o site é lá de minas gerais!

avizem aos competidores do concurso!

mozart disse...

Acredito que o Samba será eternizado – Amigo Alex, infelizmente não estarei presente para participar deste manifesto. Estou torcendo pelo Beco, pois ele será o grande vitorioso com sua generosa disposição de representá-lo.
Em breve sentaremos para prosar com toda etnia do mais gostoso e intelectivo recanto na nossa querida cidade alta.
Um abraço,
Mozart