20 de dezembro de 2008

Um poema de Plínio Sanderson, Natal RN

Gramática

no princípio era o verbo
depois veio o sujeito
e os outros predicados
os objetos, os adjetivos
os complementos
os agentes, essas coisas.
e deus ficou contente
era a primeira oração.

3 comentários:

Natal Images disse...

Amigo Alex,
Muitas são as alegrias de estar em contacto com uma parcela da cultuea do nosso estado através do seu medio de comunicação.
Aproveitando mais esta visita gostaria de expressar no momento que vivenciamos os meus mais sinceros votos de progresso. Desejando um feliz Natal e um ano novo repleto de alegrias e muita paz.
Cordialmente:
Geraldo

Moacy Cirne disse...

Oi, um bom poema, o de Plínio. Aproveito para informar que o Diarim de MB voltou a ser publicado no Balaio. Um bom Natal pra você & familiares.

Miguel Barroso disse...

Muito bem delineado.

Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO