1 de março de 2009

Cresce onda de crimes na Praia de Pipa

A liberdade para se drogar em Pipa é um dos fatores responsáveis pela onda crescente de violência na praia, que culminou na morte do turista sueco.

Em janeiro, o Grande Ponto publicou uma matéria sobre o puteiro a céu aberto que a praia da Pipa havia se transformado. Com o crescimento da prostituição, as drogas e seus traficantes têm lugar garantido no promissor mercado consumidor.

Quando o viciado não tem dinheiro pra comprar o craque ou a cocaína o que ele faz? Vai assaltar turistas e pousadas da Pipa na calada da noite. Enquanto isso, o policiamento é deficiente e seu efetivo não conseguiu acompanhar o crescimento da praia.

De acordo com matéria publicada pela Tribuna do Norte, o turista sueco identificado como Gert Bjorw Skyitte Sandghn, de 59 anos, foi morto com um tiro no peito na madrugada deste domingo.

O homicídio ocorreu após mais um assalto a uma pousada na praia da Pipa. Durante o carnaval, uma dupla armada invadiu, roubou e fugiu levando um Ford Fiesta de um dos hóspedes da pousada Pipa Beach.

Neste domingo de março, foi apenas um assaltante armado, que entrou em outra pousada, rendeu a recepcionista e partiu para fazer o arrastão nos chalés do estabelecimento. O crime aconteceu por volta das 3h30 da madrugada.

Após matar o sueco, o assaltante ainda conseguiu fugir levando o laptop da recepcionista da pousada. O criminoso não foi identificado porque usava um capuz no para cobrir o rosto.

Enquanto o homicida está solto, a população da praia está apavorada com o aumento da violência e a ineficiência da Polícia. O caso será investigado pela Delegacia da Pipa.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olha, a onde de violência não tem nada a ver com as drogas em Pipa. Eu comecei a frequentar Pipa em 1989 e, bem ou mal, sempre existia droga por lá. Até sem querer descobri um ponto de venda de cocaína em plena luz do dia.
O q está acontecendo é uma mistura de crescimento exagerado do turismo externo (o q atrai a atenção de assaltantes), incompetência da polícia (um lugar onde só existe uma entrada e uma saída não consegue ser bem protegido) e um governo estadual inoperante (deixa a casa ser arrombada pra dpois comprar um cadeado).
Eu tô torcendo para cancelem os voos da Suécia. Num instante vem algum politico dizer "estamos fazendo o possivel pra melhorar o policiamento etc e tal".

José disse...

Pois é!Não tem Policia e sobram drogados nas ruas abordando agente na rua pedindo dinheiro para cocaína, depois só é juntar a saber onde eles vão buscar o dinheiro quando naõ dão a eles. É nojento sair na noite de Pipa nós vemos os traficantes no meio do povo naqueles dois Bares decadentes. O Rio Grande do Norte perde assim a oportunidade de explorar um turismo forte que gera divisas. As ruas esburacadas é o fimmmm.